Destaques Em Pernambuco, preço do feijão mulatinho dispara em média 40%

Em Pernambuco, preço do feijão mulatinho dispara em média 40%


De agosto a outubro o almoço do pernambucano ficou relativamente mais caro. Devido ao preço do feijão mulatinho que aumentou 40%, segundo a pesquisa da Cesta Básica, feita mensalmente pelo Procon-PE. Segundo a pesquisa, em agosto o quilo do cereal podia ser encontrado por R$1,99, já em outubro o quilo custava R$2,79.

Feijão, um dos alimentos mais nutritivos do prato brasileiro, está mais caro – Foto: Ilustrativa

Segundo os números, no estado, a cesta básica mais cara é a de Goiana, R$374,80. Porém, a que mais registrou aumento nos últimos dias foi a de Caruaru, aumentou 2%. No agreste, o aumento subiu de R$350,51 para R$366,87.

A pesquisa ainda aponta a necessidade da pesquisa de preço feita pelo consumidor. Na pesquisa, foi constatado uma diferença de 234,90% no preço da farinha de mandioca na Região Metropolitana do Recife. A diferença de preço do papel higiênico, entre os estabelecimentos analisados, foi de 400%. Em um local o produto custa R$1,39 e em outro o mesmo produto pode ser encontrado por R$6,95.

A pesquisa foi realizada em 54 estabelecimentos da Região Metropolitana do Recife, Goiana, Vitória de Santo Antão e Caruaru. A pesquisa é feita com base de preços de 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal. 

Bruno Muniz 01 nov 2019 - 18:39m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Bezerra Poços (Grande)
Clim Center (Grande)
Clécia Lima (Grande)
JCL (Grande)
Cetias (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Farma Fácil (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários

Vitta (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Jasfac (Grande)
Lis Bambini
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Arrumadinho (Grande)
Design Riscos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)