Destaques Polícia descobre plano de arrombamento contra Caixa Econômica em Santa Cruz do Capibaribe

Polícia descobre plano de arrombamento contra Caixa Econômica em Santa Cruz do Capibaribe


Polícia Federal foi acionada para investigar o caso.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Neste sábado (19), policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência no bairro São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, onde possivelmente estaria em curso um plano de arrombamento e roubo contra a Caixa Econômica Federal II. O chamado partiu de denúncias anônimas de moradores que notaram movimentações incomuns no local.

Ao chegarem até uma residência que fica por trás do prédio onde está instalado a CEF, os policiais constaram que havia uma perfuração no muro da mesma, além da presença de diversas ferramentas de construção. Ninguém encontrava-se no local. Ainda segundo relatos, no local havia sinais de atividades recente.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

De imediato após a constatação do crime em eminência, o policiamento que atuou na ocorrência acionou a Polícia Federal (PF) para que o caso seja mais amplamente investigado. Em caso de atentado ou tentativas de atentado contra órgãos federais, apenas a PF está apta a realizar os procedimentos cabíveis.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Chamou a atenção dos policiais um enorme buraco que á havia sido feito no muro que dava acesso ao prédio da Caixa. De acordo com os primeiros levantamentos, a ideia dos criminosos seria invadir o local durante a madrugada, tendo em vista a baixa movimentação.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Picaretas, ‘pés de cabra’, talhadeiras, martelos, marretas, furadeiras e máquinas de perfuração de concreto foram alguns dos objetos localizados no interior da residência que possuía pouquíssimos outros itens, dando a entender o intuito de quem frequentava o local não era permanecer por um longo período. A polícia ainda apura se o imóvel era alugado e tenta traçar o perfil dos seus moradores.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Até a constatação da possível investida contra o empreendimento que lida diretamente com valores, o funcionamento não havia sido interrompido. A Polícia Federal pode requerer que a agência seja temporariamente fechada para uma investigação mais detalhada.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Bruno Muniz 19 out 2019 - 18:07m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Iran Bikes (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
JCL (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Athom (Grande)

Quero Sandálias (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Postos Badú (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
Best Net (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)