Destaques Em Pernambuco, chuva desabriga duas mil pessoas

Em Pernambuco, chuva desabriga duas mil pessoas


Foto: Divulgação

Duas mil pessoas estão fora de casa em Barreiros, na Zona da Mata de Pernambuco, onde choveu, em um único dia, o esperado para duas semanas

Uma cidade debaixo d’água. Os dois rios que cortam Barreiros subiram cinco metros e alagaram bairros inteiros. A Defesa Civil calcula que 518 famílias ficaram desalojadas. Na pressa, os moradores tentavam salvar o que podiam. A dona de casa Ana Paula Oliveira guardou alguns móveis dentro de um ônibus.

“Meu esposo tem este ônibus e, toda vez quando enche, a gente pega as coisas e o que cabe a gente coloca aqui dentro.”

Foto: Divulgação

Um drama que se repete. Há nove anos, os moradores enfrentaram um pesadelo ainda pior. Uma enchente destruiu quase toda a cidade.

Num esforço, o vigilante Roberto Carlos da Silva conseguiu salvar o sofá que foi colocado na parte mais alta da parede.

“Foi bastante difícil porque a água veio muito forte e muito rápido e não deu tempo de tirar quase nada”.

Foto: Divulgação

“Vamos fazer o levantamento de todas as famílias que foram atingidas pela água e vamos atrás do recurso e da ajuda”, disse o coordenador da Defesa Civil, Amaro Joaquim Galdino.

Muita gente queria aproveitar a segunda-feira para limpar a sujeira, mas não tinha água nas torneiras.

“Precisamos fazer a limpeza da casa e estamos aqui aguardando a água”.

Foto: Divulgação

Também choveu forte na região metropolitana do Recife. Desta vez as pancadas de chuva chegaram acompanhadas por rajadas de vento como há muito tempo não se via. A ventania atingiu 36 quilômetros por hora, cinco vezes mais intensa do que o normal. Foi um dia de mar agitado.

Foto: Divulgação

A ressaca, segundo a Marinha, produziu ondas de quase quatro metros. O mau tempo deixou deserto o principal destino turístico do estado. Porto de Galinhas ficou com bares e restaurantes vazios.

A Companhia Pernambucana de Saneamento declarou que o sistema de abastecimento de água já voltou a funcionar em Barreiros e que a situação deve ser regularizada até quarta-feira (24).

Com informações do Jornal Nacional

Bruno Muniz 23 jul 2019 - 15:45m

0 Comentários

Deixe uma resposta


RC Tecidos (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
Clim Center (Grande)
Brisanet (GIF)
Sollaris Energy (Grande)
Dra. Palloma Santana
Cetias (Grande)
Império dos Camarões (Grande)

Marjo Sports (Grande)
Brisanet (Grande)
Unicesumar EAD
Brisanet (GIF)
Dr. Leonardo Brito
Cabeça Gesso (Grande)
New Corte
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Vitta (Grande)
Jasfac (Grande)
error: Content is protected !!