Destaques Cidade de Belo Jardim, no Agreste, ganha sistema de esgotamento sanitário

Cidade de Belo Jardim, no Agreste, ganha sistema de esgotamento sanitário


Foto: Divulgação

A interiorização dos serviços de esgotamento sanitário tem avançado no Governo Paulo Câmara. Belo Jardim, distante 184 quilômetros do Recife, é a mais nova cidade a receber obras para implantação de sistema público de coleta e tratamento de esgoto. As intervenções foram iniciadas nesta semana, no bairro da Boa Vista, com previsão de término para julho do próximo ano. Além desse bairro,  a obra ainda contemplará os bairros  Cohab 1, Airton Maciel e Pontilhão, beneficiando 28 mil pessoas.

A obra de Belo Jardim está sendo realizada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), empresa vinculada à Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos.

“Além de propiciar a melhoria da qualidade de vida da população, a obra terá grande alcance ambiental, uma vez que contribuirá para despoluir o Rio Ipojuca, manancial importante que corta a cidade”, ressalta o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

O empreendimento recebe investimento de R$ 35 milhões, recursos assegurados mediante financiamento entre o Governo do Estado e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

A obra de esgoto de Belo Jardim consiste, entre outras intervenções, na implantação de 17 quilômetros de rede coletora, 65 quilômetros de ramais condominiais e oito mil ligações domiciliares. O projeto também prevê a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, que está em processo de licitação. Haverá ainda a construção de uma estação elevatória (sistema de bombeamento), além de obras complementares para melhorar a qualidade de atendimento da Compesa no município, como a reforma da loja que a companhia mantém no Centro de Belo Jardim.

A Compesa vem realizando obras semelhantes em outras cidades do Agreste do Estado que são cortadas pelo Rio Ipojuca, como Gravatá e Sanharó. Um dos centros econômicos mais importantes da região, Caruaru deve receber obras para ampliação e melhoria do sistema de esgotamento sanitário nos próximos meses. Nos municípios de Bezerros, no Agreste, e Escada, na Zona da Mata Sul, também serão iniciadas as obras para construção de sistemas de esgotamento sanitário – ambos estão em fase de licitação. Tacaimbó foi a primeira cidade beneficiada com serviços de coleta e tratamento de esgoto, no início do ano passado, tornando-se ambientalmente sustentável, contribuindo com a despoluição do Rio Ipojuca.

Bruno Muniz 26 fev 2019 - 23:32m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Império dos Camarões (Grande)
Cetias (Grande)
Clécia Lima (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
RC Tecidos (Grande)
JCL (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
Farma Fácil (Grande)
Clim Center (Grande)

Simone Joias (Grande)
Design Riscos (Grande)
JCL (Grande)
Lis Bambini
Clécia Lima (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Jasfac (Grande)
Best Net
Cabeça Gesso (Grande)
Arrumadinho (Grande)