Destaques Fotógrafo santa-cruzense faz registros da famosa “Lua de Sangue”

Fotógrafo santa-cruzense faz registros da famosa “Lua de Sangue”


Foto: Arnaldo Vitorino

Entre a noite de domingo, dia 20 de janeiro, e a madrugada de segunda, dia 21, a Lua foi encoberta pela sombra da Terra, que esteve alinhada entre o astro e o Sol, proporcionando um eclipse visível em todo o Brasil.

Durante o fenômeno, os raios de sol não chegaram na Lua diretamente, apenas algumas faixas de frequência da luz solar conseguiram passar pela atmosfera do nosso planeta e, com a refração, atingirem o astro, segundo o Observatório Nacional.

Foto: Arnaldo Vitorino

Isso fez com que nós pudéssemos vê-lo mesmo quando ele esteve totalmente mergulhado na sombra da Terra, deixando o nosso satélite natural com uma cor avermelhada – o que é popularmente conhecido como “lua de sangue”.

O fenômeno astronômico foi ainda um atrativo especial para milhares de fotógrafos em todo o Brasil que fizeram belos registros do fenômeno, dentre eles, o historiador Arnaldo Vitorino, residente em Santa Cruz do Capibaribe.

Foto: Arnaldo Vitorino

A nossa reportagem conversou com Vitorino e o mesmo detalhou que os registros foram feitos entre 1h40 e 3h30 da madrugada. Para especialistas, foi um dos mais longos eclipses já registrados nas últimas décadas.

Bruno Muniz 21 jan 2019 - 16:49m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Iran Bikes (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
ASCAP (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Athom (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Kits Elásticos (Grande)

Sistemax (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
JCL (Grande)
ASCAP (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe