Destaques Altas temperaturas – Calor e baixa umidade do ar em Santa Cruz do Capibaribe geram problemas de saúde

Altas temperaturas – Calor e baixa umidade do ar em Santa Cruz do Capibaribe geram problemas de saúde


Sobem as temperaturas e aumentam os casos de busca por socorro médico; Saiba os cuidados que são necessários para evitar problemas respiratórios.

Imagem meramente ilustrativa

Pele, olhos, nariz e gargantas secos, indisposição, incêndios: algumas manifestações típicas de baixos índices referentes à umidade relativa do ar. Geralmente provocados por massas de ar quentes e secas, tal situação pode causar, além dos desconfortos citados, danos à saúde. Por este motivo, é interessante saber algumas informações sobre a baixa umidade relativa do ar. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%. Entretanto, em algumas épocas do ano, como no inverno, ela tende a cair, inclusive, abaixo de 30%. As regiões do Nordeste geralmente as mais prejudicadas. Nestes estados, há um significativo aumento de buscas por atendimento médico, principalmente por pessoas alérgicas.

Isso acontece porque as mucosas costumam ressecar e inflamar nestes períodos. Como, dentre outras funções, estas desempenham um papel de barreira física à entrada de substâncias nocivas ao nosso corpo, o clima seco propicia a entrada de agentes estranhos. Empenhado em manter a homeostase, nosso organismo acaba se sobrecarregando, trazendo a inevitável sensação de cansaço.

Santa Cruz do Capibaribe

Nas últimas semanas, Santa Cruz do Capibaribe registrou algumas das maiores temperaturas do ano. A falta de chuvas e a baixa umidade do ar provocaram inclusive uma série de incêndios e busca por inalação nas unidades hospitalares. De acordo com informações, as crianças e os idosos são os que mais sofrem com os problemas gerados pelo calor excessivo.

Cuidados

Algumas das recomendações de especialistas é tomar sempre bastante água, usar hidratantes corporais e protetor solar, consumir mais frutas e sucos, evitar variação de temperaturas como ar condicionados extremamente frios e depois exposição ao calor, higienizar sempre as vias nasais e evitar proximidade do rosto com aparelhos de ventilação como o próprio ventilador. Limpar sempre este tipo de equipamento também é necessário.

Bruno Muniz 17 nov 2018 - 18:43m

0 Comentários

Deixe uma resposta


RC Tecidos (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
JCL (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Clim Center (Grande)

Vitta (Grande)
Polo da Moda Campina (Grande)
Best Net
Arrumadinho (Grande)
JCL (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Lis Bambini
Design Riscos (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Dr. Leonardo Brito